segunda-feira, 30 de julho de 2012

Desejo Afrodisíaco V


Apetece-me tomar banho contigo. Quero esfregar-te o gel de banho pelo corpo todo, começar a sentir o teu pau a ficar duro, massaja-lo com mãos as cheias de espuma, senti-lo cada vez mais teso. Quero comer-te todo de baixo do chuveiro, sentir os nossos corpos molhados deslizarem um no outro, começar a lamber-te de cima a baixo, concentra-me no teu pau, levar-te quase ao auge, por-me de quatro, mete-lo no meu buraco e deixar que te venhas para cima de mim....

domingo, 29 de julho de 2012

Ela No Rio







Senti que estava a concretizar um dos meus desejos. Amei toda a serenidade proporcionada pelo barulho das árvores que dançavam com o vento, da água que caía de pedra em pedra e, acima de tudo, a serenidade proporcionada pela tua voz. O cheiro inconfundível da vegetação circundante envolvia-nos num ambiente quase angelical.
Despiste-te e a visão passou a ser igualmente um sentido priviligiado. as tuas curvas provocam-me uma ânsia incontrolável de te tocar.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Ele no Rio







I was born to love you
With every single beat of my heart 
Yes, I was born to take care of you
Every single day of my life

                                                 Queen





Afrodite



quinta-feira, 26 de julho de 2012

Desejo Erótico V


Desejo inovar. Quero-te beijar, quero-te tocar, quero-te lamber. Quero-te deixar molhada, escorregadia, aliar-me a um brinquedo e invadir as tuas profundezas. Quero-te deixar trémula de excitação, provocar-te espasmos em todo o corpo e levar-te a gritar por prazer, a gritar por mim.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

domingo, 22 de julho de 2012

Desejos Afrodisíacos III

Quero que te aproveites de mim, que uses e abuses. Quero que não tenhas dó, que faças de mim tua escrava, escrava de prazer.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Mete no meu buraco


Brinca comigo, acaricia-me de cima a baixo...
As minhas mamas, a minha cona...
Não deixes de mexer, eu gosto, desejo.
Desejo-te a ti, deixas-me louca.
Pega no teu pau duro,
mete no meu buraco...
Enche-o todo, enche-me a mim e a ti de prazer.



quinta-feira, 19 de julho de 2012

Desejos Eróticos IV


    Desejo saborear-te. Ficar por baixo de ti e acariciar-te as coxas, os lábios, penetrar-te com a língua, até chegar ao botãozinho que sempre te faz gemer de prazer. Quero estimulá-lo enquanto brincas com os teus dedos dentro de ti, fazendo com que escorras para a minha boca. Quero que todo o teu prazer me preencha e que faça parte de mim.


quarta-feira, 18 de julho de 2012

Tu queres tudo



"Então ele fodeu-me - fazer amor é uma frase branda demais para o que fazemos -, e ele demorou bastante, conversando comigo durante o ato.
- Eu vou-te encher de esporra - diz-me ele com voz grave e rouca - Vais fazer o que eu mandar, não vais? Porque tu gostas. Tu enlouqueces quando eu te chupo toda, quando eu ponho a língua na tua cona e a enfio no teu cu. E tu gostas de fazer a mesma coisa comigo. Eu noto, na maneira que tu me lambes, na maneira que tu me pões na boca, mamando a minha esporra toda, na maneira como me deixas enfiar o pau no teu cu, e na maneira como, um pouquinho antes de gozares, me imploras para que eu te foda. No cu, na cona, na boca. Tu queres tudo."

Por Laura Reese

terça-feira, 17 de julho de 2012

15000 visitas






    Em aproximadamente dois meses, atingimos a meta das 15000 visualizações!

    Que mais podemos pedir?! Nada. Só esperamos que nos continuem a seguir, como o têm feito, e a deixar o vosso carinho que tanto apreciamos. As vossas palavras são o combustível de que necessitamos, para que o fogo deste blog não se extinga.
     Uma vez que não temos bolo para comemorar e agradecer, decidimos deliciarmos-vos com estas fotos.



segunda-feira, 16 de julho de 2012

Desejos Afrodisíacos II

Desejo dormir a teu lado sem roupas... Quero adormecer com aconchego dos teus braços, com o calor do teu corpo. Quero que me acordes durante a noite com aquelas caricias maliciosas, e que me enchas de prazer como se estivesse a sonhar. Quero sentir o conforto quando durmo contigo e ter uma noite inteira de puro prazer...

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Noite selvagem III

Por mais contraditório que pareça, chegam-se as férias e o tempo de que dispomos para nos dedicarmos ao blog escasseia ainda mais, pelo que, como devem ter notado, não temos comentado as vossas publicações, apesar de as seguirmos, ainda que apressadamente. Contudo, achámos que estava na altura de fazer algo mais arrojado para vos compensar e optámos por tirar algumas fotos ao ar livre.
Estava a anoitecer, mas o calor fazia-se ainda sentir, pelo que, depois de encontrarmos um local recôndito, atrás de uns grandes penedos, não hesitámos em tirar as poucas peças de vestuário que nos envolviam o corpo. Ao sítio escolhido, a palavra que melhor o caracteriza é “verde”. Tudo em nosso redor transpirava ar puro. A leve brisa que soprava acariciava-nos maliciosamente os corpos, como que a incitar-nos para aquilo que se revelaria mais que uma simples sessão fotográfica. O ambiente estava-nos a deixar em brasa. Enquanto fotografava a Afrodite em algumas poses mais sensuais, podia vê-la a afagar-se, a deixar que os dedos deslizassem sobre o seu sexo, que por aquela altura estava já a chamar por mim. Para mim, tornava-se cada vez mais difícil focar-me nas fotografias e sentia-me mais duro a cada segundo que passava. 
Já só pensava em agarrá-la, em beijá-la, em percorrer o seu corpo com as minhas mãos, em sentir-me dentro dela. Imediatamente, a Afrodite percebeu os sinais do meu corpo e dispôs-se a matar-me o desejo. Aproximou-se, baixou-se à minha frente e a minha pila foi surpreendida pelo calor que emanava da sua boca. Com a língua, lambia-ma desde a base até ao topo, acabando por fazê-la entrar para dentro de si. O prazer que estava a sentir, sob a luz do luar, era assustadoramente intenso.

Puxei-a para cima, beijámo-nos e fi-la virar-se de costas para mim. Debruçou-se para a frente e, de cu empinado, convidava-me a entrar. Devido à saliva que permanecia em mim, ou ao facto de estar extremamente molhada, deslizei facilmente para dentro dela, fazendo-a soltar um suspiro que se sobrepôs aos sons da natureza. A posição permitia-me ver as curvas perfeitas do seu corpo, acariciar o seu pescoço, as suas mamas, agarrá-la pela cintura e puxá-la para mim. 

Os movimentos tornavam-se cada vez mais rápidos, mais fortes, e eram acompanhados por gemidos cada vez mais altos e frequentes, até que um, mais intenso que todos os outros, deixou-me perceber que ela se estava a vir.
Era a minha vez agora. Ela deitou-se sobre o penedo e eu penetrei-a, o mais fundo que conseguia, dando estocadas fortes, o que, rapidamente, me proporcionou um dos orgasmos mais selvagens de sempre.


quinta-feira, 12 de julho de 2012

Desejos Eróticos III


    Desejo ver o meu prazer no teu rosto. Quero que me seduzas, que me acaricies, que me lambas, que me deixes em êxtase. Quero sentir o meu membro a latejar mesmo à tua frente e jorrar o meu prazer sobre ti. Quero que me sintas, quente, em fogo, a escorrer pelos teus lábios. 


Falha técnica

Como alguns de vós puderam observar, o blog esteve inativo durante um tempo. Contudo, a falha foi colmatada e estamos de volta para vos continuarmos a incendiar com o nosso fogo, cada vez mais quente! Um obrigado especial, àqueles que nos tentaram contactar durante a nossa ausência, pela preocupação demonstrada.

Beijos e Abraços Fogosos 

domingo, 8 de julho de 2012

Noite Selvagem II




Ele distraído e eu, marota, a tirar fotos a esta coisa bem apetitosa :)

sábado, 7 de julho de 2012

Noite Selvagem


   

  

    

    


quinta-feira, 5 de julho de 2012

Desejos Eróticos II


Desejo submissão. Quero-me sentir imobilizado, quero que me prives dos restantes sentidos e que me deixes o tato mais apurado que nunca. Quero que me violes, que me uses, que abuses. Quero que o teu toque me deixe com uma vontade incontrolável e que me faças suplicar para que pares. Quero-me sentir preso a ti.

terça-feira, 3 de julho de 2012

O olhar d'(Ela)


Desafiámo-la a retratar-nos e eis o resultado. Palavras inteligentes, expressivas e muito lisonjeadoras, características d'(Ela), que nos tem cativos à sua forma  exclusiva de escrever. Um grande obrigado!

"Eros e Afrodite. Um casal cuja paixão, amor e cumplicidade se vislumbra em cada fotografia que nos exibem com orgulho e alguma dose saudável de vaidade. São jovens, inteligentes, bonitos e sabem que os seus corpos são belos e despertam sensações (e inveja!) naqueles que os visitam. Embora escrevam/se mostrem um ao outro, denotam ainda assim uma certa necessidade de validação do público que os "vê" querendo a cada dia que passa surpreender-nos mais e embrenhar-nos nas suas aventuras. (E nós não nos importamos nadinha). Ambos gostam de sexo e gostam de sexo um com o outro. Mas, são curiosos. Gostam de experimentar e testar os limites enquanto casal e enquanto indivíduo. Procuram o máximo prazer e encontraram-no um no outro. A entrega é total, falta é descobrir até onde conseguem ir... juntos."

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Desejos Afrodisíacos I




Desejo adrenalina. Quero sentir a adrenalina que é estar num provador de roupa a fazer de tudo contigo, com o receio de sermos apanhados... Chupar-te todo, ali mesmo, que enfies o teu pau duro no meu buraco molhado e que me enchas de prazer, que lambas os nossos líquidos que se misturaram na minha cona, que não tenhas dó de mim, que esqueçamos tudo o resto e que te concentres só em nós...

domingo, 1 de julho de 2012

Masturbar-me



Só de pensar naquela noite no cinema fico tão molhada...
...

No dia seguinte o Eros fez-me uma surpresa: decidiu contar aqui (post No cinema) o que se tinha passado naquela noite.
Depois de almoço, recebi uma mensagem: "Vai ver o que postei no blog, vê se gostas".
Fui logo ver o que era, não tinhamos combinado postar nada naquele dia, o que me deixou logo curiosa.

Adorei!!

Recordar aqueles momentos tão especiais, tão bons, deixou-me com a cona tão molhada, que até as cuecas estavam encharcadas.
Era hora de eu retribuir e fazer-lhe uma surpresa... Estava com tanta vontade... comecei a masturbar-me e a fotografar aquele cenário - eu com a coninha toda molhada e os meus dedos bem fundos no meu buraco.
Acho que os meus dedos nunca tinham deslizado tão bem...
No fim mandei-lhe as fotos para o deliciar, porque ele adora ver-me masturbar. É tão bom provocá-lo.
Fiz também um video que vamos postar mais tarde para partilhar com vocês.

Beijos,
Afrodite